11 de ago de 2015

Meu cabelo meu carma, SERÁ?

|

Antes de falar sobre o foco principal do postagem de hoje, eu preciso contar uma história para vocês.
No dia 12 de junho desse ano eu já estava com a raiz super volumosa, uma vez que a última vez que eu tinha dado o relaxante no cabelo foi no começo do ano, resolvi que daria mais uma vez a química pois iria a uma festa (Que por sinal eu não fui) e o meu cabelo estava pela misericórdia, afinal de contas ninguém merece duas texturas. Acontece que eu tenho um super problema, que para mim não é nenhuma vergonha falar que é a caspa, mas não é uma simples caspa já fui no dermatologista e a única explicação para o meu caso é que a mesma é causada através do estresse, e com isso eu tenho algumas limitações, por exemplo nada de passar mais de 3 dias sem lavar a cabeça.

Porém para dar o relaxamento eu precisava estar com a cabeça suja ai veio o meu problema, eu não consigo ficar com a cabeça suja sem que ela fique machucada, mesmo assim eu dei o relaxante no cabelo e adivinhem? Sim machucou ainda mais o meu couro cabeludo e como começou a arder muito a minha cabeleireira teve que tirar o produto, ou seja não pegou no cabelo direitinho, claro que abaixou o volume e ficou com um visual bonito, mas somente nos primeiros dias, depois de duas semanas ele começou a ressecar e a cair, mas uma queda normal que ele sempre tem.


Então no mês passado eu decidi que cuidaria mais do meu cabelo, que faria com que ele tivesse uma ar de saudável. Mas como fazer isso?
Eu pensei logo em voltar ao natural, parar de dar a química e assumir o meu crespo afinal eu acho sim o meu cabelo lindo,sempre achei e só aplico química nele pela praticidade e não adianta as meninas dizerem que não é mais prático só por causa das horas fazendo escova e chapinha pois a verdade é que é mais prático sim. E eu sendo a pessoa mais preguiçosa desse mundo amo uma praticidade, porém estou pensando seriamente em mudar isso em mim, e por esse motivo resolvi fazer uma experiência, como já tem dois meses que não relaxo o meu cabelo e a raiz dele já está bem inchada eu resolvi que primeiro eu faria de tudo para recuperar a vida dos fios do meu comprimento, que ainda estão mas que estavam bem mais ressecados, e em segundo lugar que pensaria na possibilidade de parar a química de uma vez por todas e assumir o meu cabelo.


Por isso nesse final de semana fiz uma texturização para testar o quão confortável eu ficaria com isso, para começo de conversa eu simplesmente ADOREI o resultado ficou lindo, eu a muito tempo não me sentia tão bonita olhando para o espelho como me senti no final de semana, ali estava eu com o cabelo armado, a minha raiz mega inchada cheia de frizz e aquilo não estava me incomodando nem um pouco.


Sim a muito tempo eu não me sentia bonita por vários motivos e olhar o reflexo daquela mudança no espelho me fez ver o quanto eu sou BONITA, alias o quanto eu sempre fui bonita não só naquele momento, ver o meu rosto por trás daquela franja usual me fez ver que eu tenho uma beleza que é só minha e que ninguém pode me dizer o contrário, então sim eu ainda estou cogitando hipótese de voltar ao meu cabelo natural, mas também tiveram coisas que eu não me senti confortável, como por exemplo não sentir o meu cabelo batendo no ombro, ou prender o rabo de cavalo que eu tanto amo ou até mesmo colocar o cabelo por trás da orelha, coisas simples mas que eu senti falta e que eu também gosto muito.



Como já disse em uma postagem anterior, a do Penteado Afro para transição, eu ainda não sei se vou entrar na transição, há quem diga que eu já estou na transição, mas se eu realmente continuar nesse processo vocês serão os primeiro a saber, eu juro.
Mas antes de terminar essa postagem eu queria dizer algo super importante.
A pessoa que tem que se sentir bem com as suas escolhas e mudanças é você e mais ninguém se você se sentir bem com isso, mude caso contrário continue como está. E é isso que eu venho me dizendo nesses dias, se eu continuara me sentir bem com esse processo vou continuar, caso contrário não vejo problema nenhum em marcar uma hora no salão e relaxar o cabelo afinal de contas cabelo cresce, vontade passa e quem precisa se sentir bem é você

Nenhum comentário:

Postar um comentário